Imagem do medicamento

Teriflunomida14 mg 30 comprimidos revestidos - blíster de alumínio e alumínio

Princípio ativo: Teriflunomida.

Fabricante: Natcofarma do Brasil LTDA

Classe: Produtos para Esclerose Múltipla

Tipo: Genérico

Via de administração: Oral

Tipo de receita: Receita de Controle Especial em duas vias "C1"

EAN: 7898565164168

Registro MS: 1826100030017

Para que serve: Teriflunomida - 14 mg 30 comprimidos revestidos - blíster de alumínio e alumínio, está indicado para o tratamento de pacientes com as formas recorren...

Como Teriflunomida funciona?

Teriflunomida ajuda a proteger o sistema nervoso central dos ataques do sistema imune, limitando o aumento de algumas células brancas do sangue (linfócitos). Isto limita a inflamação que leva ao dano nervoso da EM.

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior que a indicada para Teriflunomida?

Não há experiência quanto à superdose ou intoxicação de teriflunomida em humanos. Doses diárias de 70 mg de teriflunomida por até 14 dias foram bem toleradas, em indivíduos saudáveis.
Em caso de superdose ou intoxicação relevante, recomenda-se o uso de colestiramina ou carvão ativado para acelerar a eliminação.

Procedimento de eliminação acelerada – colestiramina e carvão ativado:
A teriflunomida é eliminada lentamente do sangue. Sem o procedimento de eliminação acelerada, o tempo para que a quantidade de teriflunomida no sangue fique menor que 0,25 mg/L é de 6 meses, em média. Por causa das variações individuais, a eliminação da droga no sangue pode demorar até 2 anos. O procedimento de eliminação acelerada pode ser utilizado a qualquer momento, após a descontinuação de teriflunomida. A eliminação pode ser acelerada pelos seguintes processos:
- Administração de 8 g de colestiramina a cada 8 horas, por 11 dias. Se 8 g de colestiramina, três vezes por dia, não são bem tolerados, 4 g de colestiramina, três vezes por dia, podem ser usados.
- Administração de 50 g de pó de carvão ativado, a cada 12 horas, por 11dias.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Cadastre-se e receba nossas novidades por e-mail