Logo Farmaindex
Logo Farmaindex

Selecionar produto

Imagem do medicamento

Gerovital60 cápsulas moles

Princípios ativos: Acetato de Racealfatocoferol, Ácido Ascórbico, Biotina, Cianocobalamina, Cloridrato de Piridoxina, Colecalciferol, Fluoreto de Sódio, Fosfato de Cálcio Dibásico, Iodeto de Potássio, Nicotinamida, Nitrato de Tiamina, Palmitato de Retinol, Panax Ginseng C.a. Mey., Pantenol, Riboflavina, Rutosídeo, Sulfato de Magnésio, Sulfato de Manganês, Sulfato de Potássio, Sulfato Ferroso.

Fabricante: Ems s/a

Classe: Outros Polivitamínicos com Minerais

Tipo: Específico

Tipo de receita: Prescrição Branca Comum

Registro MS: 1023503390059

Preço máximo ao consumidor: R$ 106,45 / SP

Para que serve: Gerovital® - 60 cápsulas moles, é um polivitamínico associado a minerais e ao Panax ginseng (ginseng), e é indicado na prevenção e recuperação em cas...

Bula do Gerovital

Cada cápsula gelatinosa mole contém:

Concentração IDR**
Panax ginseng * 100,00 mg ***
palmitato de retinol (vitamina A) 2.000 U.I. 300,0%
nitrato de tiamina (vitamina B1) 1,30 mg 325,0%
riboflavina (vitamina B2) 1,30 mg 300,0%
cloridrato de piridoxina (vitamina B6) 0,50 mg 115,4%
cianocobalamina (vitamina B12) 4,00 µg 500,0%
ácido ascórbico (vitamina C) 65,00 mg 433,3%
colecalciferol (vitamina D3) 400 U.I. 600,0%
acetato de racealfatocoferol (vitamina E) 10,00 mg 273,8%
biotina 0,01 mg 10,0%
nicotinamida 13,00 mg ***
pantenol 5,00 mg 561,6%
rutosídeo 10,00 mg ***
fluoreto de sódio 0,10 mg 3,4%
fosfato de cálcio dibásico 150,00 mg Ca (13,2%), P (14,6%)
sulfato ferroso 10,00 mg 78,6%
iodeto de potássio 0,15 mg 264,5%
sulfato de magnésio 6,00 mg 1,4%
sulfato de manganês monoidratado 1,70 mg 72,1%
sulfato de potássio 5,00 mg ***
Excipiente q.s.p.**** 1 cápsula -


* Cada cápsula gelatinosa mole contém 25mg de extrato seco de Panax ginseng (equivalente a 100mg de Panax ginseng), o que corresponde a 4mg de ginsenosídeos totais.

** Ingestão diária recomendada para adultos.
*** Não há dados de IDR.
**** Excipientes: lecitina de soja, óleo vegetal hidrogenado, cera de abelha, óleo de soja.

Componentes da cápsula gelatinosa mole: gelatina, sorbitol, metilparabeno, propilparabeno, dióxido de titânio, glicerol, corante vermelho azorubina, corante vermelho 40, água purificada.
Gerovital® é um polivitamínico associado a minerais e ao Panax ginseng (ginseng), e é indicado na prevenção e recuperação em casos de fadiga física e mental (como, por exemplo, sensação de desgaste, irritabilidade, dificuldade de concentração) atuando como adaptógeno, ou seja, ajuda a melhorar a capacidade do nosso organismo de superar condições estressantes. Também é indicado quando ocorre a falta de vitaminas e sais minerais, como nos estados de alimentação desbalanceada ou deficiente, causados, por exemplo, por hábitos alimentares inadequados, ou ainda, pelo avanço da idade, uma vez que nosso organismo não consegue produzir estas substâncias, e por esse motivo, estas precisam ser ingeridas regularmente na alimentação.
Gerovital® é uma associação composta por Panax ginseng, vitaminas e minerais. O Panax ginseng (ginseng) é um fitoterápico que atua contra o cansaço físico e mental, aumentando a resistência do organismo a situações de estresse.

As vitaminas e os sais minerais têm funções importantes e essenciais para o desenvolvimento, crescimento e manutenção de inúmeras reações metabólicas que ocorrem no organismo. São indispensáveis à saúde e, portanto, devem ser ingeridos diariamente na alimentação, a fim de manter o equilíbrio orgânico necessário para o bom funcionamento corporal.
Gerovital® é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, não apresentando outra contraindicação quando administrado de acordo com o recomendado.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para mulheres que estejam amamentando.
Gerovital® deve ser administrado com cautela em pacientes diabéticos: o ginseng reduz a glicemia (concentração de glicose no sangue), portanto, a administração em pacientes diabéticos submetidos ao uso de hipoglicemiantes orais ou de insulina deverá ser feita sob supervisão médica.

Deve-se evitar utilizar este medicamento em pacientes com alterações cardíacas importantes, e o uso em pessoas com alterações leves a moderadas da pressão arterial deve ser feito sob orientação médica.

O ginseng deve ser administrado por no máximo três meses.

Gerovital® pode interagir com algumas substâncias:

Interações medicamento-medicamento:
Sabe-se que o ginseng pode potencializar a ação dos inibidores da monoaminoxidase (IMAO) – classe de antidepressivos. Exemplos de substâncias desta classe: trianilcipromina, isocarboxazida e iproniazida.

Gerovital®, quando administrado com os medicamentos abaixo, diminui seus efeitos:
Quinolonas, levodopa, tetraciclinas, trissilicato de magnésio, cloroquina, hidroxicloroquina, bifosfonatos orais, tireoidianos, penicilamina, orlistat, cisplatina, pirimetamina, hidantoína, anfetaminas, antiácidos, antifúngicos azólicos, cefalosporinas e gabapentina.

Gerovital®, quando administrado com os medicamentos abaixo, aumenta seus efeitos:
Delavirdina, quinidina e anticoagulantes.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para mulheres que estejam amamentando.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Manter à temperatura ambiente (15ºC a 30ºC). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas:
Cápsula gelatinosa mole, na cor vermelha, contendo óleo de cor amarelo intenso.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Gerovital ® é administrado por via oral, com o auxílio de líquido. Recomenda-se uma cápsula, 3 vezes ao dia (tomar uma cápsula a cada 8 horas).

A coloração amarela da urina após a administração do produto é provocada pela riboflavina (vitamina B2).

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgiãodentista.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.
Tome a dose assim que se lembrar dela. Entretanto, se estiver próximo ao horário da dose seguinte, salte a dose esquecida e continue o tratamento conforme prescrito. Não utilize o dobro da dose para compensar uma dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.
Este medicamento pode causar algumas reações adversas:

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): artralgia (inflamação nas articulações).

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): náusea (enjôo), vômito, dor abdominal com cólica e diarreia, prurido cutâneo (coceira na pele), eritema (vermelhidão na pele devido a extravasamento de sangue), erupção cutânea (elevação avermelhada na pele), angioedema (inchaço abaixo da pele causado por alergia), reações alérgicas e anafilaxia (reação alérgica sistêmica, rápida e grave), broncoespasmo, aumento da frequência urinária, cálculo renal (pedras nos rins), cansaço, rubor, visão turva, tonturas, eosinofilia (aumento de eosinófilos no sangue, provavelmente devido à alergia), linfadenopatia (crescimento dos gânglios), intoxicação por iodo.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.
O uso excessivo deste medicamento pode provocar efeitos como pressão alta, dilatação da pupila, insônia, inchaço, dores de cabeça intensas, náusea e vômito (WHO, 1999; BRADLEY, 1992). Em caso de superdosagem, suspender o uso, procurar orientação médica de imediato para que sejam adotadas as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Informações do medicamento extraídas manualmente da ANVISA

Cadastre-se e receba nossas novidades por e-mail