Imagem do medicamento

Cloridrato de Fingolimode0,5 mg 28 cápsulas duras - blíster de alumínio e plástico opaco

Princípio ativo: Cloridrato de Fingolimode.

Fabricante: Ems s/a

Classe: Produtos para Esclerose Múltipla

Tipo: Genérico

Via de administração: Oral

Tipo de receita: Prescrição Branca Comum

EAN: 7896004759234

Registro MS: 1023511720038

Para que serve: O cloridrato de fingolimode - 0,5 mg 28 cápsulas duras - blíster de alumínio e plástico opaco, é um medicamento sob prescrição médica tomado por via ...

Como Cloridrato de Fingolimode funciona?

O cloridrato de fingolimode pode alterar a forma que o sistema imune do corpo funciona e ajuda a combater ataques ao sistema imune, afetando a habilidade de algumas células brancas sanguíneas de se moverem livremente no sangue e impedindo as células que causam inflamação de chegarem ao cérebro.
Isto reduz os danos nos nervos causados pela esclerose múltipla. O cloridrato de fingolimode também pode ter um efeito direto e benéfico em certas células do cérebro (células neurais) envolvidas na reparação ou redução dos danos causados pela esclerose múltipla.
Em estudos clínicos, o cloridrato de fingolimode demonstrou reduzir o número de ataques (por pouco mais da metade em adultos e por pouco mais que três quartos em crianças/adolescentes) e como uma consequência, reduziu o número de recidivas graves e recidivas que devem ser tratadas no hospital, prolongando o tempo sem recidivas e diminuindo a progressão da doença (por cerca de um terço em adultos e por cerca de três quartos em crianças/adolescentes).
Se você tiver perguntas sobre como o cloridrato de fingolimode funciona ou porque este medicamento foi indicado para você ou para seu filho, pergunte ao seu médico.

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior que a indicada para Cloridrato de Fingolimode?

Se você tiver tomado muitas cápsulas de cloridrato de fingolimode de uma só vez ou se você tiver tomado a primeira dose de cloridrato de fingolimode por engano, entre em contato com seu médico imediatamente.
O seu médico pode decidir observá-lo, medindo a pressão arterial e frequência cardíaca a cada hora, realizar ECGs (eletrocardiogramas) e ele pode decidir monitorá-lo durante a noite.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Cadastre-se e receba nossas novidades por e-mail